Inicio  Excepcional Ministério Público pede condenação do ex-vice-presidente Raúl Sendic

Ministério Público pede condenação do ex-vice-presidente Raúl Sendic

627

A Promotoria Especializada do Crime Organizado, chefiada pelo promotor Luis Pacheco, pediu ao tribunal que condene o ex-presidente da ANCAP Raúl Sendic pelo crime de abuso de autoridade não previsto especificamente na lei enquanto estiver no cargo. responsável pela petrolífera estatal, informou a agência.

Pacheco pediu à juíza de primeiro turno do crime organizado, Adriana Chamsarian, que condene o ex-presidente da ANCAP a 18 meses de prisão, quatro anos de desqualificação especial e multa de 500 unidades conversíveis.

Sob o regime da antiga regra processual penal – aplicável ao caso como um julgamento iniciado em 2016 – se uma condenação finalmente cair, condenados que foram tratados sem prisão ou que receberam liberdade provisória durante o julgamento, e que, portanto, estão livres no momento da sentença, têm o direito de cumprir a pena – ou o resto da sentença – em liberdade condicional A acusação disse.

O juiz do caso decide conceder os benefícios da liberdade condicional com base na forma de processos judiciais e relatórios sobre a forma e as condições de vida do condenado, que permitem atingir um prognóstico favorável (artigo 131 do Código Penal e artigo 327 do antigo Código de Processo Penal).

Sendic havia sido tratado sem prisão por uso indevido de funções em maio de 2018. Desde então, o processo continuou, e desta vez o promotor Pacheco apresentou a acusação correspondente.

Veja o resumo apresentado pelo promotor Pacheco

acusação ancap

Suscríbase
Las noticias en su email

Reciba las noticias, promociones, novedades y más

¡No enviamos spam! Lee nuestra política de privacidad para más información.